“O corpo não se desintoxica com suco”, diz nutricionista da USP

Por Juliana Vines

O Carnaval acabou, a quarta-feira de cinzas ficou para trás e agora é hora de correr atrás do prejuízo com uma dieta detox, certo? Errado.

Para a nutricionista Sophie Deram, autora de “O Peso das Dietas” (editora Sensus) e pesquisadora da Universidade de São Paulo, fazer dietas líquidas ou superrestritivas, em vez de ajudar, sobrecarrega o organismo.

Segundo ela, depois dos exageros do Carnaval é preciso retomar uma rotina equilibrada, a começar por um bom café da manhã. Leia a seguir na entrevista.

 

A Chata das Dietas – Quem exagerou no Carnaval deve fazer uma dieta detox?

Sophie Deram – Se fazer detox significa retomar uma rotina saudável, incluindo cuidar do corpo, se alimentar e dormir bem, sim. Muitas pessoas realmente exageram no Carnaval, exigem demais do corpo. Comem demais, bebem, tomam sol, dormem pouco. É bom retomar uma rotina saudável na semana seguinte.

Em excesso, sucos detox podem prejudicar o metabolismo (Crédito Adriano Vizoni/Folhapress)
Em excesso, sucos detox podem prejudicar o metabolismo, de acordo com nutricionista (Crédito Adriano Vizoni/Folhapress)

Mas é preciso fazer uma dieta restritiva para compensar os dias de folia?

Não. Você não pode deixar nutrir seu corpo. Essas dietas chamadas de detox só atrapalham, não ajudam. O corpo não se desintoxica com suco. Se você deixar de comer e fizer uma dieta líquida, pode causar danos ao seu organismo. Há trabalhos demonstrando que excesso de sucos com couve pode atrapalhar o funcionamento da tireoide. Esses sucos têm muitos compostos bioativos de vegetais e o organismo não consegue processar tudo isso.

Quer dizer que até verdura demais faz mal?

Sim. Excesso de legume e verdura também danifica a saúde. Um suco verde de manhã, de 300 ml, tudo bem. Mas fazer uma dieta líquida com vários copos de sucos de vegetais por dia pode danificar o metabolismo. Eu não aguento mais essas dietas detox. Tenho pacientes que começaram a ter compulsão alimentar depois de seguir essas dietas.

Então a dieta detox pode desencadear episódios de compulsão?

Sim. A restrição confunde o cérebro e só aumenta o apetite. Por isso que costumo dizer que fazer dieta engorda. Muita gente está em um regime restritivo desde outubro, para ficar bem no verão. Tenho pacientes que nem no Natal se permitiram comer direito. Essas pessoas descontaram no Carnaval, comeram e beberam demais, e agora acham que engordaram três quilos. Isso não existe.

Mas “enfiar o pé na jaca” e comer demais engorda, não?

Esse vai e vem entre comer demais e restringir demais, sim. É isso que desregula o apetite. Mas festejar e comer bem de vez em quando é normal. O ser humano comemora tudo com bebida e comida. A comida é o lubrificante social. O corpo está preparado para os excessos, ele consegue se autorregular. O fígado tem seu próprio sistema de desintoxicação. Mas, para ele funcionar direito, o organismo precisa estar bem nutrido e bem hidratado.

 

Como deve ser um detox saudável então?

Comece com um bom café da manhã, com ovo, para aguentar até o almoço. Almoce bem, pode ser o almoço habitual brasileiro, com arroz, feijão, carne e salada. Faça um lanche à tarde e jante. Escute seu corpo, respeite a fome e a saciedade.

Escolha alimentos da natureza e volte a ter uma rotina de sono, se hidrate bem. Faça isso por uma semana. É melhor do que uma tonelada de suco.

 

E quem bebeu demais, o que pode fazer?

Tomar bastante água. Água mesmo ou então chá caseiro, além de dormir bem, como já disse. Agora é hora de agradecer o corpo cuidando bem dele, não fazendo dieta detox. Ouça os sinais do seu corpo e confie mais no seu organismo. Não é preciso nada radical.