Quem toma mais água come menos, mostra estudo; saiba quantos litros beber por dia

Por Juliana Vines
Água não emagrece, mas uma pesquisa americana recém-publicada concluiu que quem bebe mais ingere menos calorias –ou seja, come menos.

O trabalho analisou os hábitos alimentares de 18.300 adultos e chegou a uma fórmula: tomar de um a três copos a mais de água pode resultar em uma redução de até 205 calorias por dia. Uma maior ingestão da bebida também está associada com uma redução no consumo de sódio, açúcar e gordura.

Quem toma mais água ingere menos bebidas adoçadas, de acordo com estudo (Foto: Freeimages)
Quem toma mais água ingere menos bebidas adoçadas, menos sódio e menos gordura, de acordo com estudo americano (Foto: Freeimages)
“Essa descoberta pode ser suficiente para projetar intervenções nutricionais e campanhas de educação que promovam o consumo de água em vez de outras bebidas calóricas”, diz Ruopeng An, pesquisador da Universidade de Illinois em Urbana-Champaing e responsável pelo estudo.

A equipe de An examinou dados do Centro Nacional para Estatísticas de Saúde dos Estados Unidos. Na pesquisa, voluntários relataram tudo o que comeram e beberam em diferentes intervalos de tempo.

Em média, os participantes consumiram 4,2 xícaras de água por dia, e quem consumia mais comia menos. Até um aumento pequeno de 1% no consumo de água foi associado com uma redução de 8,6 calorias.

O estudo não levanta hipóteses, mas alguns trabalhos já mostraram que a ingestão de líquidos pode ter relação com a sensação de saciedade. É claro que bebidas adoçadas não ajudariam, porque também têm calorias.

QUANTA ÁGUA BEBER?

A máxima de beber dois litros de água por dia está correta, na opinião do endocrinologista e nutrólogo Wilmar Accursio.

Ele explica: “Temos que beber o suficiente para não se desidratar. Como essa conta depende da idade da pessoa, do peso, da quantidade de atividade física, do trabalho dela etc., falamos em dois litros por dia. Com isso, ninguém vai desidratar nem exagerar no consumo”.

Em geral, dois litros até sobram, porque muitos alimentos já contêm água. “Não é preciso beber mais. Pode causar desconforto gástrico e, se a pessoa não se alimentar corretamente, pode ficar com falta de sódio e potássio no organismo.”

Mas é claro que existem exceções. Pessoas com muito músculo e pouca gordura precisam de mais água. Quem faz atividade física intensa ou então trabalha ao ar livre fazendo esforço físico também.

“Nesse caso, é recomendado pelo menos os dois litros e ficar atento a qualquer sinal de sede”, afirma.